Connect with us

Faturamento Recorrente

Como cobrar do seu cliente sem ter dores de cabeça?

Published

on

Aliada à era digital, os novos modelos de negócio criam, cada vez mais, a necessidade de oferecer praticidade e eficiência. Além disso, diante do turbilhão de empresas oferecendo um mesmo produto ou serviço, é indispensável investir no que significa planos de fidelização do cliente.

Nesse contexto, os processos de pagamento oferecidos por seu negócio podem representar uma constante dor de cabeça ou uma grande solução. Tudo vai depender do formato adotado: cobrança manual ou cobrança automática.

Como funciona a cobrança manual

cobrana-automatica

A cobrança manual é feita sem a utilização de uma plataforma digital que realize todo o processo de forma automática e programada.

Assim, periodicamente a empresa deve fazer o levantamento dos clientes em débito e gerar os boletos do mês, da semana, quinzena ou do período que foi acordado com o cliente.

O tempo gasto e o longo trabalho não ocorrem apenas até o momento de emissão dos boletos. É preciso, após isso, controlar quem pagou e quando isso foi feito.  Além de também saber quais clientes continuam em débito depois da data de vencimento para que possam ser cobrados.

Quando todo o processo do mês acabar, o outro mês já estará começando e tudo deve ser feito novamente.

Além do excessivo e repetitivo trabalho, a chance de erro é considerável, a receita não pode ser prevista de modo seguro e o risco de inadimplência é alto. Quanto maior o número de clientes, maiores serão também os riscos.

Os custos também podem sofrer considerável acréscimo, pois é preciso ter funcionários para gerenciar o processo, o que representa gastos com salários de pessoas que poderiam estar alocadas em outras atividades importantes para o crescimento da empresa.

Se a prática manual de cobrança representa gasto de muito tempo, bastante trabalho e possível aumento dos custos, certamente não auxilia no crescimento da empresa. Por sorte, há solução para esse problema.

Como funciona a cobrança automática

cobranca-automatica

Ao adotar uma plataforma de cobrança automática, todo o processo não precisa ser repetido mês após mês por um ou mais funcionários.

O sistema faz o registro dos clientes, do valor do débito, do número de parcelas e de qualquer outra informação que seja relevante. Na data programada, as cobranças são automaticamente emitidas.

A empresa não precisa controlar manualmente quais clientes pagaram e quais não pagaram o valor do serviço. A plataforma registra toda movimentação. Assim, seu único trabalho é acessar os dados e informações já levantados e organizados.

Percebeu o tamanho da economia de tempo, trabalho e investimento?  A empresa passa a possuir pleno controle sobre o número de clientes e o valor pago por cada um. A cobrança automática possibilita estabelecer uma previsão muito mais segura dos lucros, já que os dados são exatos e programados.

Saber rapidamente quantos e quais clientes estão em atraso permite agir de modo muito mais eficiente. Além disso, o índice de erro no gerenciamento do processo é quase nulo. Independente de banco tradicional ou uma conta digital, automatizar é bom!

Quais as vantagens da cobrança automática?

  • Controle

Ao oferecer o pagamento automático aos seus clientes, as vantagens são inúmeras. Em primeiro lugar, as contas com pagamento automaticamente programado fazem com que a empresa tenha uma receita prevista, já que sabe exatamente quantos clientes possui e qual o valor de recebimento esperado.

  • Redução da inadimplência

Ainda que a inadimplência não possa ser zerada, ela é incomparavelmente menor à sofrida pelas empresas que trabalham com cobrança manual. Isso porque o cliente já sabe que há um valor que deve ser separado mensalmente, e, caso opte por pagamento com cartão de crédito ou débito automático, ele não precisa ter a preocupação de se lembrar da conta, nem de se deslocar até o banco para quitar o valor.

Se você usa uma plataforma de cobrança completa, mesmo que o cliente não tenha limite no cartão no momento da cobrança ou esqueça de pagar o boleto on-line, ferramentas de cobrança vão ajudar no processo de recebimento.

  • Economia

A empresa passa a economizar tanto tempo quanto dinheiro. A plataforma controla todo o processo e fornece todas as informações importantes sempre que necessário. E certamente custa muito menos do que manter uma rotina manual de cobrança. A relação custo X benefício é inacreditável. Uma simples conta pode te confirmar isso.

Cobrança recorrente automática

Pense na cobrança recorrente como o estabelecimento de um plano ou contrato. Por meio dela, você não venderá um produto ou serviço apenas uma vez: venderá uma assinatura.

A assinatura pode ser firmada por um tempo previamente estabelecido ou de modo indefinido, podendo ser cancelada quando o cliente desejar. Seja como for, caso a empresa adote uma plataforma de cobrança automática, o pagamento estará automaticamente programado. Desse modo, mensalmente, quinzenalmente, semanalmente ou em qualquer outro intervalo de tempo, a cobrança será instantaneamente feita. Para essa funcionalidade, você pode usar um serviço de faturamento recorrente ou uma conta digital empresas.

Quando você passa a utilizar um serviço como Netflix, Spotify ou Kindle Unlimited (serviço de livros digitais da Amazon), é exatamente isto que acontece: todo mês a cobrança aparece na sua fatura de cartão de crédito ou você recebe um boleto on-line até que você opte por cancelar a assinatura.

Para que você tenha uma ideia do alcance desses serviços, o Spotify atingiu 100 milhões de usuários, mesmo número de assinantes do Netflix. Acredite, muito do sucesso dessas empresas se deve ao sistema de assinatura, aliado ao bom serviço, é claro.

Por que contratar uma plataforma que cuide disso para você?

Se você quer usufruir de todos esses benefícios precisa contratar um sistema que ofereça eficiência, segurança e que se adeque a todas as suas necessidades.

Há diversas plataformas no mercado que prometem um serviço completo e eficiente, mas que não cobrem sequer os itens básicos que um software deve ter. Por isso, é importante avaliar as opções e contratar uma plataforma de cobrança completa que te ofereça funcionalidades que, de fato, vão otimizar sua gestão e ajudar a escalar seu negócio.

336x280

Faturamento Recorrente

A revolução da recorrência

Published

on

revolucao recorrencia

A Recorrência é o modelo mais sustentável para empresas de software e de serviços, disso eu não tenho dúvidas. Por isso que o termo revolução da recorrência é tão difundido por produtores digitais pelo mundo.

A primeira vez que o termo “Subscription Revolution” foi escrito, não tínhamos nenhum sinal do que isso poderia representar para o mercado de software, música, cinema e entretenimento em geral. Não havia ainda, o advento do streaming que catapultou empresas como Netflix, tampouco existia a difusão do SaaS (que foi a verdadeira revolução do software) em todos lugares do mundo.

Hoje é possível assinar um trator (ou uma escavadeira), turbinas de avião, ovos e aprender a tocar guitarra através da recorrência. Mas nem sempre foi assim…

Revolução da Recorrência: antes da Salesforce e depois da Netflix!

Os grandes cases “recorrentes” globais são sem dúvida, a Salesforce e Netflix. A primeira, desmontou o mercado de serviços digitais no mundo. Software antigamente eram vendidos em caixinha, hoje são em cloud – via assinaturas. Mas não pense que isso foi algo muito simples de encaixar. A Salesforce, fundada em 1999 mudou a cena do software no mundo. Antes dela chegar no mercado americano, software era uma ativo exclusivo de grandes empresas. ERPs como SAP, Oracle, entre outros cases, eram muito direcionados a grandes empresas que gastavam milhões e milhões para implementar sistemas de gestão dentro de casa.

revolução da recorrência

Até tratores podem ser usados através de assinaturas. Foto: Caterpillar.

Quando a Salesforce nasceu, com uma proposta de entrega de serviço, não de implementação e licença vitalícia, o mercado ruiu. Nascia o momento do cloud computing (computação na nuvem) e empresas de todos os tamanhos e tipos, poderiam adquirir uma licença “as a service” para usar um software específico. Antes da própria Salesforce arrepiar o mercado, as grandes empresas de softwares torceram o nariz: “diziam que software como serviço (SaaS) não era uma realidade para todo mercado”.

Depois disso, a história mostrou que a Salesforce estava certa. Eles abriram o capital em 2004, adquiriram mais de 60 outras empresas e impulsionaram o nascimento de empresas como Slack, Zendesk, Mailchimp, Basecamp, Zoom, Twilio e as gigantes Adobe, SAP, Oracle, Microsoft, Google tiveram que aderir a receita recorrente dentro de casa, fazendo da recorrência, sua maior fonte de receita. As maiores empresas de tecnologia globais, fazem dinheiro com assinaturas.

Streamings, tags e games

A revolução da recorrência aconteceu primeiro no mercado adulto (porn). O próprio filme “O intermediário” conta que o mercado de filmes adulto mudou, com o advento da internet. E para ganhar dinheiro, o mercado de filmes adulto aderiu a recorrência (assinaturas) para distribuir filmes para a grande massa. Mas eles deram o pontapé inicial para a chegada dos colossos Netflix e Spotify. Se existem cases globais dentro da revolução da recorrência que merecem um destaque, são esses dois. Primeiro pelo pioneirismo em escalar para centenas de países, depois porque conseguiram mudar indústrias centenárias: de filmes e da música.

revolução da recorrência

Agora você aprende guitarra através de assinaturas. Foto: Fender Play

Não há mais poder concentrado dentro das grandes gravadoras, tampouco nos grandes estúdios de cinema. Atualmente, artistas no mundo todo explodem dentro de streamings. Não existem mais fronteiras. Eles (Netflix e Spotify) são tão bons cases para se exemplificar a revolução da recorrência, que ouço muitas vezes o termo: “é tipo Netflix né”. Fico feliz quando ouço.

Cobrar uma assinatura mensal por um serviço de preço justo, com alto valor percebido é o sonho da maioria das empresas de serviços digitais no mundo.

A recorrência promovida por essas empresas, revolucionou a indústria de software, educação, entretenimento, games (que é o caso emblemático da PSNetwork, Steam, Xbox e etc) e agora prepara uma grande revolução da recorrência no varejo. Grandes varejistas como Whirlpool, Pão de Açúcar (adquirindo o Cheftime), Magazine Luiza, Sem Parar (colosso das tags) e até grandes distribuidores de bebidas estão encontrando dentro de casa, uma forma de ganhar dinheiro através do modelo de assinaturas.

Antes do começar nosso evento oficial, o Recorrência, no ano passado, eu fiz uma provocação com a platéia, perguntando se eles sabiam quantos serviços recorrentes eles assinavam. A provocação era que a gente, como consumidor, está mais que habituada a consumir serviços através de assinaturas…

Se você paga seguro de carro, escola, condomínio, Netflix, Spofity, plano de saúde, telefone, estacionamento, ração….

A revolução da recorrência já faz parte das nossas vidas.

Quer saber mais sobre a Economia da Recorrência? Separei alguns links:

Continue Reading

Faturamento Recorrente

Cobrança recorrente para escolas, academias e empresas de serviço, de forma simples.

Published

on

cobranca recorrente escolas

A cobrança recorrente para escolas (de inglês, de ensino médio, de profissionalização e etc), academias e para todo tipo de empresas de serviços, era uma exclusividade de grandes corporações até meados de 2015. Quando começamos em 2013, poucas empresas tinham esse serviço que hoje, é bem democrático, do ponto de vista de tecnologia e investimento.

A cobrança recorrente para escolas, academias e todos tipos de empresas de serviços

De franquias de educação (de línguas e cursos profissionalizantes) até funerárias, a Vindi atende grandes, pequenas e médias empresas, com um foco específico: automatizar as cobranças e os recebimentos de boletos, cartões de crédito e débito em conta. Para acessar isso, não necessita de grandes investimentos, como a maioria dos empreendedores acha. É bem democrático.

A gente oferece nossas soluções através de diversos ERPs que existem no mercado, focados inclusive em nichos específicos. Explico melhor abaixo:

Desenvolvemos nossas principais APIs com foco nessa escolha do sistema de gestão. Na prática, você escolhe o software (a gente também pode te ajudar a escolher) e nós cuidamos dos recebimentos, do combate à inadimplência e do principal: do seu faturamento.

De quebra, podemos te ajudar em notas fiscais de serviços, de gestão e de controle do churn rate (índice de retenção). Independente do tipo do seu negócio e se ele fatura através de planos, mensalidades e assinaturas, a gente pode te ajudar. Cobrança recorrente democrática para academias, escolas e todo tipo de serviços.

Vem com a gente e junte-se à + de 5000 clientes.

cobranca recorrente

 

Continue Reading

Faturamento Recorrente

“Recorrência”, o evento do mercado de assinaturas ganha novo vídeo.

Published

on

subscription mafia

Tá no ar o evento Recorrência, produzido e realizado pela Vindi. E para o lançamento, a empresa ilustrou num vídeo bem legal, os nomes que já passaram pelas 7 edições do evento. O evento acontecerá no dia 23 de Outubro, em São Paulo. Entitulado de Subscription Mafia, o vídeo é um belo convite para empresas que querem mudar o rumo de seus negócios e remodelar a forma como vendem.

Recorrência, a economia que transformou empresas como Netflix, Slack, Smartfit

Baseado nos estudos que a Vindi fez, o evento promove o mercado de assinaturas (e com modelos recorrentes). Nomes como Netflix, Zendesk, Spotify entre outras empresas já passaram no palco do evento para contar os cases e desafios de se ter um negócio recorrente. O Recorrência é um dos melhores eventos de tecnologia do Brasil.

Sobre o evento

Data: 23 de Outubro de 2019

Local: Expo Center Norte

Site oficial: recorrencia.com.br/evento

 

Continue Reading

Avalie sua empresa

cobranca recorrente

Trending