Connect with us

Notícias

Clubes de assinatura: a salvação das editoras

Published

on

clube de assinatura de livro

Segundo pesquisa da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) o setor editorial diminuiu 25% nos últimos 13 anos. Os motivos para essa queda no mercado são inúmeros, mas muitas editoras estão inovando em seu modelo de negócios e conseguindo destaque no mercado. Tudo isso, através de clubes de assinatura.

Entendendo a crise

Você já deve ter percebido como os hábitos de consumo se transformam com o passar dos anos, certo? A forma como assistimos filmes, ouvimos música e consumimos conteúdos. Tudo isso, afetou o mercado editorial, mas também não decreta a morte do setor. Apenas faz com que as editoras se reinventem!

Ainda hoje, a forma de comercialização de livros entre editoras e livrarias é arcaico. A editora manda um lote em consignação mas, muitas vezes, as livrarias não têm tanta saída e os exemplares ficam acumulados e sem vender, um estoque inteiro parado.

Clubes de assinatura, a solução

Já contamos aqui no blog como grandes empresas como Nike e Youtube também investem em negócios com cobrança recorrente. E, segundo a ABCom, nos últimos 4 anos houve um aumento de 167% no mercado de clubes de assinatura.

E é assim que algumas editoras estão reinventando. Os clubes de assinatura de livros não oferecem apenas o conforto de receber exemplares diferentes em casa todos os meses. Mas também inovam com brindes exclusivos, conteúdo único no digital, edição de colecionadores e muito mais.

Mas, além de agradar o público, pois acompanha as mudanças no consumo. As empresas que apostam no modelo de cobrança recorrente dão uma verdadeira guinada em seu negócio.

Benefícios da cobrança recorrente

Como citamos acima, a forma em que editoras e livrarias fazem negócio é ultrapassada. Causando até um encalhe dos livros. Com o modelo de clube de assinatura e cobrança recorrente, é fácil ter um controle sustentável dos seus produtos.

A fidelização dos clientes através de um clube faz com que você consiga ter uma maior previsibilidade dos lucros. Pois sabe quantos pagantes terá por mês e qual a receita recorrente mensal (MRR) para planejar melhor suas ações.

Cases de sucesso

TAG Livros 

Todos os meses é escolhido um grande nome para fazer a curadoria do conteúdo que será enviado para os assinantes. A TAG também oferece um plano de livros inéditos no Brasil, totalmente traduzidos. Um grande diferencial.

Além dos box mensais, também existe um canal no Youtube com conteúdo exclusivo, um grupo no Facebook e um aplicativo para que os membros troquem opiniões sobre os livros.

Leiturinha

O melhor incentivo à leitura é desde criança. O Leiturinha é um clube que veio para reforçar este conceito, além de estreitar os laços entre pais e filhos.

Além dos livros enviados todos os meses para as crianças, existe um pequeno guia para ajudar os pais a mediar aquela leitura. Mais os conteúdo exclusivos no digital.

Os livros não morreram, apenas o seu modo de consumo mudou. E as empresas precisam estar sempre antenadas nas mudanças para não ficarem para trás e continuarem escalando seus negócios.

Dicas para montar um clube de assinatura

Notícias

Assinaturas do New York Times crescem quase 40% em meio à crise

Published

on

The New York Times

Na última semana (06/05), a New York Times Company, fez a divulgação dos seus resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2020.

O lucro bruto da empresa caiu 21,3% em relação ao mesmo período de 2019. Mas, apesar da crise mundial causada pela COVID-19, as assinaturas digitais dos produtos da companhia, cresceram 39,6%.

Em 2019, o New York Times atingiu a marca de 5,25 milhões de assinantes, sendo que 3,5 milhões, são apenas de assinaturas digitais.O crescimento de quase 40% neste trimestre, impacta, positivamente, no objetivo de bater 10 milhões de assinantes até 2025.

No Vindi Insights, estudo produzido pela Vindi, é possível notar alguns segmentos que também cobram de forma recorrente, assim como o NY Times, e que tiveram um crescimento tanto no número de assinantes, quanto na receita, indo na contramão da crise. Como, por exemplo, o segmento de clubes de assinatura, que teve um que aumentou seu TPV em 20% no comparativo de Abril com Março.

Quer saber mais sobre os benefícios que a cobrança recorrente oferece para as empresas? Leia mais sobre o assunto neste artigo.

Continue Reading

Notícias

YVY acompanha segmento de clubes de assinatura e cresce mesmo com a crise

Published

on

Produtos YVY

A crise estabelecida pelo COVID-19 atingiu a maioria dos setores no mundo todo. Muitas empresas encerraram suas atividades, outras estão trabalhando com caixa reduzido, mas, também existem aquelas que estão conseguindo driblar tudo isso. A YVY, startup de “limpeza as a service” é uma delas.

A Vindi lançou um estudo, Vindi Insights, que mostra o impacto financeiro em cada setor e, o curioso, é que o segmento de clubes de assinatura tem crescido mesmo com a crise, 20% de Março para Abril. E, a YVY, acompanha este crescimento.

O diferencial da YVY

A busca por produtos de limpeza cresceu por conta do medo da contaminação do novo vírus. As gôndolas do mercado ficando vazias e longas filas para garantir as compras de higiene são provas disso.

Na última semana, a YVY anunciou um aumento 30% do faturamento desde que o isolamento social começou. Tudo isso, porque a empresa tem grandes diferenciais.

Primeiro, o pessoal da YVY se preocupa muito com produtos de limpeza mais sustentáveis na questão de produção e embalagem. Por isso, resolveu oferecer seus produtos em cápsulas que o cliente recebe todos os meses em casa – outro diferencial da empresa.

Segundo, que quem assina a YVY pode escolher entre cinco categorias: detergente, limpeza pesada, desinfetante, multiuso e lava-roupas. Ao assinar o plano, o cliente recebe as cápsulas e os borrifadores próprios para o uso dos produtos.

Redução no uso de plástico das embalagens e comodidade de não precisar enfrentar as filas do mercado para comprar seus produtos.

Terceiro, que o modelo da recorrência é o melhor para cobrança de clubes de assinatura, afinal, é possível disponibilizar planos com preços diferentes para seus clientes, realizar a cobrança de forma automatizada todo mês e ter uma previsibilidade de caixa maior.

O modelo de negócios da YVY

Ao olharmos para o modelo de negócios da startup, notamos que a YVY é um clube de assinaturas. Todo mês, o cliente recebe no conforto do lar os produtos escolhidos.

E, o melhor, a cobrança é recorrente, feita diretamente no cartão de crédito, sem ocupar o limite. Bem mais comodidade para o consumidor e mais previsibilidade para a empresa.

Podemos dizer que o aumento do faturamento da YVY se deu pela alta procura por produtos de limpeza, afinal, as pessoas querem se proteger, pela comodidade de receber os produtos em casa e pela facilidade de realizar o pagamento, sem complicação.

Você pode conferir um pouco mais sobre a história da YVY e sobre o modelo recorrente, no painel que o co-fundador da empresa, Marcelo Ebert, participou no evento Recorrência.

Continue Reading

Notícias

Rede Pague Menos lança assinatura de medicamentos

Published

on

pague menos assinatura

A rede de farmácias Pague Menos lançou no mês passado, um serviço de assinaturas de medicamentos.

O serviço consiste em potencializar a compra recorrente de medicamentos de uso contínuo e de produtos com alta recorrência. Na assinatura Pague Menos, você pode escolher o remédio, a frequência a ser entregue e local.

A Pague Menos é uma das maiores varejistas farmacêuticas no Brasil, com presença muito forte no Nordeste. A empresa tem uma market share de 5,7% entre as redes concorrentes nacionais e 20,4% de participação no Nordeste.

A empresa tem mais de 1000 lojas espalhadas pelo Brasil e o serviço de assinatura deve amparar o crescimento no ano.

Continue Reading

Avalie sua empresa

cobranca recorrente

Trending